Informação sobre suplementos alimentares para ganhar massa muscular, suplementos alimentares para emagrecer e engordar. Descrição das lojas online onde comprar mais barato, identificando todas as propriedades dos melhores suplementos alimentares existentes no mercado.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Glutamina - Suplemento alimentar essencial à massa muscular

A glutamina é o aminoácido mais abundante no tecido muscular, perfazendo aproximadamente 50% de todos os aminoácidos em forma livre. São os aminoácidos que juntos formam as proteínas, fundamentais para o ganho de massa muscular. A glutamina é um aminoácido produzido pelo nosso organismo (aminoácido não essencial).

Quando estamos exercendo uma atividade física intensa, utilizamos muita glutamina; se não houver uma adequada reposição dela, pode ocorrer perda de massa muscular decorrente do esgotamento de glutamina e baixa no sistema imunológico. Quando ocorre esse esgotamento o músculo é o primeiro combustível, causando o tão temido catabolismo muscular.

A glutamina também exerce um importante papel no ganho de massa muscular, ao captar água para o interior do músculo, o que estimula a produção de proteínas.

Não há como se imaginar o ganho de massa muscular sem termos uma adequada quantidade de glutamina em nosso organismo. Para se ter uma ideia, estudos demonstram que a suplementação com 2g/dia de glutamina pode aumentar em 400% os níveis do HGH (hormônio do crescimento), consequentemente a massa muscular e a perda de gordura.

Funções da Glutamina no organismo

A glutamina exerce funções muito importantes para o corpo, que são:
  • manutenção do sistema imunológico;
  • possível reguladora da síntese e da degradação de proteínas;
  • controle do volume celular;
  • desintoxicação corporal do nitrogênio e da amônia;
  • controle entre o catabolismo e anabolismo;
  • no combate à síndrome do overtraining ;
A Glutamina e o combate a infecções em atletas

Após atividades físicas de grande estresse, a quantidade de células fagocitárias do sistema imune fica muito diminuída podendo pré-dispor os atletas à infecções oportunistas. Acredita-se que a glutamina ajude a controlar esse desequilíbrio. A glutamina é usada como energia pelas células do sistema imune para formação de anticorpos e, durante o período de ataque de corpos patogênicos (estranhos), é utilizada como combustível direto paras as células do sistema imune se duplicarem.

A glutamina e o combate ao overtraining

O overtraining é a fadiga prolongada presente após atividades muito rigorosas, períodos de treinos muito pesados e descansos insuficientes ou incompletos, levando a uma incidência maior de infecções nesses períodos.

Essa maior incidência de infecções está relacionada com a diminuição nos níveis de glutamina plasmáticos e traz uma uma queda na imunidade e a translocação de vírus e bactérias no intestino. No intestino um nível mais adequado de glutamina faz a manutenção da integridade da barreira física do intestino impedindo invasões de bactérias e vírus para o resto do organismo. O trato gastrointestinal é reconhecido como um dos maiores consumidores de glutamina, contabilizando 40 % de toda glutamina utilizada pelo corpo.

Suplementação com Glutamina

Alguns atletas têm utilizado suplementação oral de glutamina a fim de prevenir a queda na concentração de glutamina no plasma. Os resultados obtidos, após a administração de uma solução contendo 5g de Glutamina em 330ml de água, têm demonstrado que após 30 minutos da suplementação é possível observar-se um aumento na concentração plasmática de glutamina que retorna ao normal duas horas após a suplementação.
Índice dos artigos relativos a Suplementos Alimentares

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL